domingo, 22 de julho de 2007

"O amor é um sentimento sublime; supera os problemas e diferenças, resiste ao tempo e se fortalece com a distância. Difícil fugir, impossível esquecer."
Barbosa Filho

"O coração é uma riqueza que não se vende e não se compra. O coração é uma riqueza que se dá." (Gustave Flaubert)

"Amar é admirar com o coração. Admirar é amar com o espírito."
(Théophile Gautier)


"De que nos vale fugir, se este coração é o nosso ser, se, quando nos abandonamos à fuga, o levamos conosco?" (Jaime Balmes)

"A língua do coração é universal: basta possuir sensibilidade para a compreender e falar." (Charles Pinot Duclos)


É tão difícil esquecer, quando se quer viver, sentir, ouvir, ver...Eu penso em você, sinto vontade de te tirar dos meus sonhos, te olhar e te abraçar..Me perder no seu abraço... Pensar ...Não consigo controlar o que penso, o que sonho, o que sinto...Não basta apenas mergulhar no trabalho, nos estudos. Meus pensamentos fazem festa na minha mente.

A vida tem se estendido no silêncio. Há dias de sol, há dias de chuva e para mim eles são todos iguais ... Não gosto de rotina. Detesto rotina!!!Gosto de estar diferente, ser diferente, me sentir diferente dia a dia, tenho me sentido constantemente uma fraca que tem que ser forte..Superar,ir além dos limites...

Existe dentro de mim uma tristeza oculta, um silencio que grita, uma frieza cinzenta.

O travesseiro é o fiel companheiro. Nele eu deito a cabeça e sussurro as minhas dores...Nele, as lágrimas que vão descendo no meu rosto com mansidão, o fazem seu abrigo, seu destino certo...E assim a canção da alma se faz presente até o sono chegar...

E dentro de mim existe apenas a espera de que um novo dia chegue...Na esperança falsa de esquecer, de deixar para trás a ternura do que não aconteceu e enfrentar a realidade posta diante dos meus olhos...Dor de coração partido não tem cura... É a dor mais intensa que qualquer dor física...


palavra viva de Siii



2 comentários:

Tulipa disse...

triste mesmo é o coração que se protege deste amor...

Gre disse...

a fé pode nos guiar, nos fazer enxergar além das dores, e imprimir em nosso espírito a vontade de amar verdadeiramente, ainda que com dificuldades!
Beijos