quinta-feira, 31 de maio de 2007

Envolver-se


Hoje a minha supervisão terminou mais cedo e me senti tão de "saco cheio" com a universidade que resolvi curtir um ócio (hhahahaha, mas já já meu superego entra na ativa) Tá loco ( como diz a Eve) é de manhã a tarde a noite e ainda nos finais de semana, a "vida social" foi para o ralo, filminho, nossos almoços de domingo, nossas conversas estão cada vez mais raras... Ando respirando Uem(affff)... Hoje me veio à cabeça a palavra envolvimento, percebo que as pessoas tem se envolvido mais com coisas e menos com pessoas, sei que é mto dificil relacionar-se com pessoas, porém se não nos permitimos a tal fato acabamos nos fechando a experiencias que nos levam a crescer. Durante a vida vamos nos deparar com pessoas de vários tipos, poses, estirpes, classes, raça, credo...pessoas dificeis, pessoas frustradas, bondosas, rancorosas,... Mas o melhor de tudo é saber que no meio desse turbilhao de pessoas em sua raridade há pessoas que simplesmente são deliciosas, no sentido de saberem ser um presente, é a mão que afaga. São pessoas que sabem a hora certa de tirar um sorriso de alguem, ou dar um sorriso... Infelizmente essas pessoas estão cada vez mais raras, acho que deveria ser catalogado como bicho em extinção: (Homo sapiens que ama e sabe que o amor tem um alto preço, está em extinção, há alguns exemplares)Enfim, envolver-se exige compromisso, encontraremos vários tipos de pessoas em que de uma forma ou outra teremos que nos relacionar, porém envolver-se lançando fora as facilidades e buscando construir uma relação de confiança é o desafio em que poucos estão dispostos a se entregar...

Envolver-se

Tem que ser bem devagarzinho. É chegar de mansinho com uma doçura no olhar. Envolvimento anda de mãos dadas com o compromisso, é deixar-se levar sem julgar é perceber-se instrumentalizado de algo a mais, é a canção do coração de Deus. É simplesmente dizer estou aqui. Envolver-se é levar o que move seu coração a completar e a semear em um outro coração. É permitir misturar-se sem o medo da perda de identidade. É verdade que se envolver vai além do encontro de peles, do olho no olho, pois ele é presente e forte não apenas nas presenças reais, mas também nas ausências mais significativas do que qualquer outra presença.
Envolvimento é compromisso de ser. É ser e estar para amar, é me olhar e te ver, é encontrar um pedaço de terra fértil em meio a uma imensidão de pedras e rochas desgastadas. É através das palavras tentar te fazer um carinho e demonstrar o quanto é grande o que tenho guardado no meu coração para você.

palavra viva da menina que ama o milagre


Um comentário:

gre disse...

Ansiedade está nos dominando!
Vamos sentir essas palavras do "envolver-se"...vamos percebê-las "bem devagarzinho"...deixar fluir...sem medos... e não sem ar...e sentir a vida cair em gotas pequenas, formando oceanos de experiências inigualáveis...