sábado, 28 de abril de 2007

Precisão

O que me tranquiliza é que tudo o que existe, existe com uma precisão absoluta.
O que for do tamanho de uma cabeça de alfinete não transborda nem uma fração de milímetro além do tamanho de uma cabeça de alfinete.
Tudo o que existe é de uma grande exatidão. Pena é que a maior parte do que existe com essa exatidão nos é tecnicamente invisível.
O bom é que a verdade chega a nós como um sentido secreto das coisas. Nós terminamos adivinhando, confusos, a perfeição.

>>> Clarice Lispector

Palavra V!va de MMM...

Um comentário:

silvia disse...

Toda vez que leio esse escrito da Clarice lembro-me do mecanismo da transferencia do papel que o psicologo deve desempenhar de traduzir o que está submerso no eu, "O bom é que a verdade chega a nós como um sentido secreto das coisas".E para que esse papel seja feito com exito e responsabilidade nunca podemos fugir as regras fundamentais e a principal de todas e a é a competencia teorica e dominio da técnica...Acho que é a profissão mais linda que existe!!!!!